quinta-feira, 10 de março de 2011

Black Swan

Vocês, assim como eu, provavelmente só estão lendo por aí críticas positivas a respeito do filme Cisne Negro. Pois bem. Agora vocês lerão uma crítica negativa sobre o filme.  

Fui assistir com uma expectativa enorme porque o trailer é muito bom e todos que conheço que viram, gostaram. Depois que vi, me decepcionei completamente. A fotografia, a maquiagem e os figurinos são maravilhosos, a filmagem e a direção são ótimas, a atuação da Natalie Portman, da Mila Kunis e do Vincent Cassel está excelente. Porém, o filme é dramático demais, teatralizado demais, exagerado demais, sem sentido demais e tem efeitos especiais desnecessários. E tudo isso para uma história bem mais ou menos. Com certeza se o filme fosse inglês em vez de americano seria bem melhor. Americano só pensa em ação, efeitos especiais, drama excessivo e não se preocupa com o principal: os detalhes.


Basicamente, a história do filme é sobre uma garota que é bailarina, Nina, e que como todas as outras sonha em brilhar no palco. Sua mãe é uma ex-bailarina frustrada e superprotetora, que a trata como se ainda fosse uma criança meiga e que quer que a filha faça tudo do jeito que ela quer, pois é frustrada por ter tido uma carreira curta e sem sucesso nenhum. Quando a bailarina principal da companhia de balé onde dança é forçada a se aposentar, Nina vê a oportunidade de brilhar na nova versão da peça O Lago dos Cisnes criada pelo diretor da companhia, que a assedia. Ela acaba conseguindo o papel principal de Rainha Cisne. De tão insegura, ansiosa e pressionada que se sente, Nina enlouquece e começa a ter visões irreais com pessoas e situações bizarras. Ela fica cada vez mais louca ao longo o filme!

Se você ainda não viu o filme e não gosta de saber o final antes de ver, não leia o parágrafo a seguir:

Bom, a Nina fica louca, tendo muitas visões estranhas, até que, no dia de sua estreia, no meio de uma dessas visões após o 1º ato, se fere na barriga, pensando ter ferido a sua rival e substituta. Ela dança lindamente a peça de balé, é aplaudida pela plateia e parabenizada por toda a equipe, mas termina o filme muito mal. Não ficou claro se ela morreu ou não no final, mas acredito que tenha morrido. A última fala dela no filme foi tosca: “eu senti”. E só porque na história da peça a Rainha Cisne se mata ela tinha que se matar também?! Ah tá... Não é à toa que o filme não ganhou o Oscar de melhor filme. Eu ia ficar revoltada se ganhasse. Só vale à pena ser visto porque a interpretação dos atores é ótima, porque o filme em si é bem fraco.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...